O Halloween como ele pode ser

 Uma das datas mais esperada nos EUA, Canadá, Irlanda e Reino Unido está sendo comemorada hoje - o Halloween. Diferente do que todos acreditam essa celebração possuí várias explicações. Segundo a etimologia (parte da gramática que trata da origem e formação das palavras), entre os dias 31 de outubro e o dia 1° de novembro, acontecia a “noite sagrada” do inglês “hallow everning” e dessas duas palavras surgiram o nome desse evento, Hallowe'en = Halloween.

 O termo popularizado no Brasil como “Dia das Bruxas” não é utilizado nos países onde esse evento acontece, apenas no Brasil. É como o título de alguns filmes exibidos aqui em nosso país. Exemplo: 500 Days of Summer (Summer é o nome da personagem que também quer dizer verão em inglês, logo seria 500 Dias de Verão, exatamente o período onde o amor entre eles acontece, mas no Brasil temos 500 Dias com Ela. Uma analogia poética e bonita, mas que ao chegar ao tradutor de nosso humilde país foi escrotizada e esquecida, ok faz parte).

 Um outro dado curioso está ligado a igreja Católica, que ao tentar eliminar a festa pagã do Samhain instituiu o Dias de todos os Santos, que em inglês é conhecido como All Hallows'Eve.
 Na cidade média essa data foi propagada graças as famosas caçadas, após um grande evento de perseguição contra homens e mulheres envolvidos com bruxaria julgados e condenados a morte em fogueiras santa, teria dado início a propagação do Dia das bruxas que aí sim o termo brasileiro estaria correto - são tantas opções e eu fico com a minha.

O Halloween, segundo Priscilla Viotto

 Na época feudal onde a igreja católica vendia, comprava e dominava terras e vidas. Uma grande tragédia abateu cidades, feudos e reinos. Pessoas de todos os lugares juntavam-se em busca de respostas, um grande número de descrentes tentavam encontrar respostas longe do clero e seus fieis. Quando tudo parecia estar perdido, em um entardecer do dia 31 de outubro tudo foi esclarecido e uma sombra abateu sobre a igreja. Pessoas de todas as partes saqueavam casas e levavam consigo tudo que podiam, em busca de um único objetivo – vingança.

 Como em todo movimento ele precisava de um líder e, esse líder deveria ser forte como nenhum outro. Halloween era impiedoso, malvado e sabia usar de seus poderes – sim, como todos os humanos ele descobriu que tinha coragem e uma energia negra pulsante em seu coração –, Halloween fez tudo que pode para destruir aqueles que um dia tentaram destruí-lo com suas regras, normas e conceitos.
 Ele não estava satisfeito em ser apenas mais um, necessitava de ser livre e voou. Pelos céus e terras, ele espalhou a ganância, o ódio e as desavenças no coração dos fracos. Ordenou que todos eles saíssem em busca de seus objetivos sombrios. Espalhou à irá em todos os lugares que esteve, conquistou as maiores doçuras da vida, mas junto delas arrecadou sangue e dor.
  Halloween está vivo em tudo aquilo que não lhe pertence, ele é assim como Deus uma energia que te consome para conquistar as maiores doçuras e travessuras. Caso seu objetivo não seja alcançado por bem que seja pelo mal... GOSTOSURAS OU TRAVESSURAS?!

Feliz Halloween para todos!
(Cuidado com a maldição do dia 31 de outubro, ela pode despertar em você  um lado sombrio e impiedoso  que você nunca soube que existia muahuhauihahahaha)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Meat the Truth - Uma verdade mais que inconveniente

Enquanto Seus Lábios Ainda Estão Vermelhos