Psicologo ajuda!

Não quero ser a dona da verdade e nem sou, mas as vêzes quando não concordamos com uma opinião a melhor maneira de conduzir a situação é dizendo a verdade, falar sobre seu ponto de vista ajuda os outros a pensarem. Só assim é possível melhorar algo.
Ausentar-se acreditando que essa é a melhor atitute a seguir, por acreditar na sua moral e filosofia de vida não é a melhor escolha para se mudar nada é apenas fugir de suas responsabilidades como cidadão.
Muitas vezes nos sentimos perdidos e as pessoas podem ajudar com um simples "oi", mas nos recusamos a  fazer qualquer coisa acreditando que assim estaremos livres de julgamentos e de culpa.
Acho que nunca comentei aqui sobre um querido amigo podcaster Pablo Assis, pois bem chegou a hora de falar dele.
Sempre quando me sinto perdida ou desorientada vou procurar o blog do Pablo, as vêzes ele leva décadas para escrever algo, mas sempre que escreve parece uma indireta para mim... ahahaha
Ele me faz refletir muito mais do qualquer música ou livros de auto-ajuda até porquê, fato: ele é psicologo.

Bem, o último post dele me fez refletir sobre um ocorrido dos últimos dias e sobre meu modo de pensar. Ainda não estou apta para dizer que mudei apenas estou tentando fazer da minha vida algo menos frustante. Dizer que você muda, ou quer a mudança a todo instante é muito bonito, mas na realidade sabemos que isso não acontece de uma hora para outra.
De qualquer forma vou continuar seguindo o Pablo e sempre que quiser uma opinião construtiva vou encher o saco dele no formspring ou no gmail. Desculpa Pablo, mas você é minha referência de pessoa evoluída e equilibrada, apesar de ter total conhecimento que esse tipo de pessoa não existe e você não deve ser um exemplo para ninguém, pois possui seus defeitos e tenta melhorá-los da melhor maneira possível.
Mesmo assim, vou buscar nas suas palavras conclusões para me basear e fazer de minha vida algo mais prazeiroso e feliz :D
Vida longa e próspera para você nerd!

"Não adianta falar que o assassino da namorada deve ser preso e condenado se nós não nos preocupamos com as milhares de pessoas que estão morrendo de fome ou de frio na nossa cidade e nós não fazemos nada para ajudar, mesmo podendo fazer qualquer coisa para salvar vidas.
Nossos valores estão trocados e errados. Temos que refletir em nós mesmos e nos preocuparmos com a nossa vida ao invés de querer que os outros sejam punidos. Sejamos sinceros: o que ganhamos com a punição do outro? Absolutamente NADA! O que o outro punido ganha? NADA! Então, pra que continuar querendo punição? Não seria melhor lutarmos por educação, melhores valores ou uma melhor qualidade de vida?" (Pablo de Assis)

Link para a matéria completa de Pablo Assis: Punição serve para absolutamente NADA! 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Meat the Truth - Uma verdade mais que inconveniente

Enquanto Seus Lábios Ainda Estão Vermelhos