Um país de maravilhas.

 Alice no país das maravilhas cuja estréia foi dia 23 de Abril no Brasil, já atraiu e vem atraindo os olhos do público de todas as idades.
 Não era de se esperar o filme foi produzido por Tim Burton e tem como um dos atores principais Jonny Depp. 
 Muitos críticos e pessoas invejosas da mídia costumam dizer que o filme só está fazendo sucesso, pois atrai as mulheres ao cinema pela presença do ator. Particurlamente acho isso uma besteira, o filme foi bem produzido, a história criada por Tim além de retratar Alice de uma maneira não tão infantil e mais compátivel com a época em que foi escrita, segue uma linha cronologica diferente do livro sem destoar as caracteriscas de cada personagem.

  Na primeira animação que temos da Disney vemos uma Alice bobinha, chorona, mimada, que se sente o tempo inteiro perdida. No filme de Tim Burton vemos Alice no começo perdida, imaginando que aquilo é um sonho, mas com o desenrolar do filme podemos perceber a força de vontade para mudar uma história, a coragem e a "glandileza" que tem o coração de uma menina meio maluca, que gosta de imaginar coisas estranhas e sonhar com coisas impossíveis. Então eu pergunto a vocês caros leitores "não somos todos assim?", sempre querendo mostrar nossa "glandileza" esperando que o impossível aconteça?
  É difícil para alguns aceitarem que Alice trás uma moral e grandeza as crianças, é difícil para alguns aceitarem que estão errados, é difícil simplesmente aceitar. 
 Não me arrepende do dinheiro que paguei para ver Alice no país das maravilhas, o filme valeu muito a pena e quando lançar em DVD farei questão de adquirir e mostrar a meus filhos.

Alguns comentáristas estão divulgado pela mídia que Lewis Carrol era um pedófilo, que o livro está cheio de conotações sexuais, mas acredito que sejam coisas da mente florescente de quem lê. De quem está acostumado em fantasiar coisas com a esposa e fazer absurdos entre quatro paredes, mas é sempre muito fácil apontar os erros em alguém do que simplesmente reconhecer seus próprios erros.
 Bem, acredito que para se ter uma opinião é preciso fazer parte daquilo entender e ter provas. Por esse motivo, acredito que todas as pessoas que fazem esse tipo de comentário são ignorantes, não possuem nenhum pingo de conhecimento sobre a história, assim como as pessoas que acham que o filme é ruim.

Já assistiu "Senhor dos aneis"? se já, preste atenção na trilha sonorada do filme você sentirá algumas semelhanças na música de fundo. Mesmo assim, é sempre melhor falar mal do que admitir que algo é bom.
 Se vocês está afim de mostrar que pensa, que tem opinião própria e não se baseia no que os outros dizem, vá atrás da obra literária leia e depois me diga o que achou, se achou pedófila ou não. Assista o filme e depois me conte qual foi sua sensação, procure coisas sobre Alice não apenas badulaques comerciais, Alice tem muito mais a oferecer do que um pingente e um brinco.

Agora eu pergunto a vocês: "No que se parece um corvo, com uma escrivaninha?"

 "Todos somos loucos, mas quem garante que a minha loucura não possa trazer a sua felicidade?"

Comentários

  1. Oi Pri..

    Vou assistir ao filme, dai poderei comentar com mais detalhes...

    Sobre o Corvo e Escrivaninha... To pensando até agora..rsrss

    Bjs

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Obrigado pela visita.
Deixe seu comentário sobre o post, e sempre que quiser sinta-se a vontade em entrar e bisbilhotar :D

Beijos, Pri Viotto

Postagens mais visitadas deste blog

Meat the Truth - Uma verdade mais que inconveniente

Enquanto Seus Lábios Ainda Estão Vermelhos