Páscoa...o que é isso?

Páscoa ressureição de Cristo alguém se lembra?
Para todas as crianças que conheço e aquelas que não conheço, a páscoa é o mês para comer ovos de chocolate e contar para todos os amigos da escola que ganhou e comeu não sei quantos ovos...
Esse mês como o Natal, dia das crianças, dia das mães, se tornou um mês para alavancar o setor alimentício, mas qual é a real história da páscoa? Quem inventou esse négocio de chocolate?
 ...
Em diversas culturas o ovo trazia a ideia de começo de vida, algumas pessoas costumavam presentiar amigos com ovos, desejando a pessoa boa sorte. Os chineses presentiavam com ovos coloridos na primaveira, para demostrar a renovação da vida.

A igreja cristã determinou que após quarenta dias do carnaval, como forma de redimição dos pecados cometidos e a preparação para o ressureição de Cristo, e junto a esses rituais existentes há páscoa se tornou um dia em que as pessoas celebram o nascimento do filho de Deus e desejam à todos que amam boa sorte e uma vida renovada cheia de amor e de carinho.
 Os ovos no passado, eram cozidos e pintados com cores da primaveira. Após a proibição do consumo de carne animal pela igreja Cristã, eles foram substituidos por ovos de chocolate (o que convenhamos só contribuiu para nossa gordice)
 Dizem que a primeira indústria a produzir essas delícias foi criada, em 1830, na Inglaterra.

....

Voltando ao cotidiano...
Esses dias fui até o supermercado, nessa época as crianças querem sempre o maior ovo, e aquele que tem brinquedo dentro (teoria falha, pois o maior com brinquedo, equivale ao meu menor com mil bombons dentro)...Enfim uma menina se jogou no chão, fiquei com medo, ela gritava: "Eu não quero bombom, eu quero ovo de PÁSCOAAAAAHHH"
A mãe uma pessoa de poucos recursos, ficou sem graça. Ela queria poder dar a filha um ovo de páscoa, mas não possuía dinheiro para isso. A menina se levantou correu até a mãe e fechou a cara, meu coração se partiu, não pela criança mimada e sim pela mãe por ter que passar por aquela situação.
Quando eu era criança não era como essa menina, chorava porque queria o ovo, mas não fazia minha mãe passsar por isso eu tinha consciência de que ela não podia me dar o que queria naquele momento...o tempo passou e hoje eu posso comprar e não tenho vontade, sinto que isso não me faz falta.
 Sinto vontade? Sim, todos sentem, mas eu como chocolate o ano todo, sou viciada.
Amo essa delícia! Para mim não importa o tamanho ou a marca, mas qualquer um que seja dado com amor será reconhecido e lembrado para sempre!
 Seja uma barra de chocolate ou um bombom!
 As crianças deveriam pensar mais no amor, não apenas em brinquedos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Meat the Truth - Uma verdade mais que inconveniente

Enquanto Seus Lábios Ainda Estão Vermelhos