Passarinho cor-de-rosa!

"...por mais de mil anos, os japoneses escreveram poemas, histórias populares e mitos..., pintando-o, esculpindo-o e venerando-o como símbolo de longevidade, felicidade, fidelidade e boa sorte. Os hábitos de vida do animal inspiraram frases e metáforas que descrevem o comportamento nipónico. Os japoneses imitaram-no e tentaram dançar com ele. Caçaram-no, mataram-no e comeram-no quase até à extinção. Deram o seu nome a cidades e a ruas. Fabricaram pequenos pássaros de papel dobrado e penduraram-nos cuidadosamente em grinaldas coloridas de templos e santuários..."

 Grou é esse o nome dado ao tão conhecido Tsuru. O Grou é uma ave de grande porte, pescoço, pernas e asas longas. Possuí uma plumagem em tons de cinza, branco e castanhos nem fazem alusão aos tsurus coloridos que estamos acostumados a ver, por aí. Mas como diz o texto acima, o animal se tornou respeitado pelos japoneses, tornando-se um símbolo de felicidade, fidelidade e boa sorte.
Mas como falar de algo que não possuímos? 
Pois bem, eu agora possuo! Aderi ao movimento nipónico e adquiri meu pequeno pássaro cor-de-rosa. Não sou chegada na cor, mas me apaixonei de primeira.

“ver o mundo cor-de-rosa” reflete fielmente o seu significado, pois é a cor do amor.
Personalidade: Ingenuidade, bondade, ternura, bons sentimentos.
Saúde: Favorece a saúde em geral.
Emoções: Estimula a paciência e o cuidado com os outros.

Essa foi a descrição do tsuru, talvez a ingenuidade seja acreditar que ele fará alguma diferença, mas mesmo assim eu acredito em você pequeno pássaro cor-de-rosa, sou ingênua mesmo (fato que tenho que admitir, eu acredito nas pessoas mesmo que elas não sejam dignas).
Motivo, razão e circunstância pela qual estou dizendo tudo isso? Sei lá, apenas queria dividir com alguém, muitas vezes as pessoas estão ocupadas demais para me ouvir. Quem sabe pelo menos aqui alguma alma viva, leia e se interesse pelo assunto, talvez não. Eu pelo menos desabafei!

"Ver o mundo num grão de areia, E o paraíso numa flor silvestre, Ter o infinito na palma da tua mão, E a eternidade numa hora." 
E é isso que estou buscando :D



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Meat the Truth - Uma verdade mais que inconveniente

Enquanto Seus Lábios Ainda Estão Vermelhos